VEJAM O RESULTADO DA TAL ENTREVISTA AQUI

AQUI ESTÁ O RESUMO DO QUE ACONTECEU NESTA QUINTA DE 6PM NO PROGRAMA DO RATINHO NO SBT. A TAL DA ENTREVISTA COM O ASSASSINO DE DANIELLA PEREZ. ESTOU 100% COM GLÓRIA PEREZ, NÃO ENTENDI PRA QUE ESSA ENTREVISTA, NEM MUITO MENOS O CARA TER IDO A REDE NACIONAL... PARA MIM O APRESENTADOR FOI MUITO INFELIZ EM ENTREVISTAR ELE. JÁ NÃO GOSTAVA E NEM ASSISTIA AO RATINHO, DEPOIS DESSA, ME POUPE.... CONFIRAM ABAIXO A REPORTAGEM:


RATINHO recebeu na tarde desta quinta-feira (8),

nos estúdios de seu programa, no SBT, Guilherme de Pádua.

O ator, que foi acusado de ter assassinado a atriz Daniella Perez,

em 1992, esteve na atração para falar sobre o caso e ainda contar que se tornou evangélico.

“Após quarenta minutos de conversa, você não respondeu às

perguntas que eu fiz como: ‘por qual razão você matou a Daniella?’”,

questionou Ratinho.

Guilherme alegou estar com medo de um processo:

“No Twitter eu soube que se falar sobre o caso poderei ser processado.

Foi uma ameaça”.

Ratinho explicou: “Mas, eu abri espaço para você falar aqui.

Aquilo foi uma ameaça e parece que você está me enrolando”.

Após muita conversa, Ratinho questionou se Guilherme

já teria pedido perdão para Glória Perez, mãe de Daniella.

E, diante das respostas longas do ator,

Ratinho acabou o programa dizendo:

“Olha, se eu fosse a Glória (Perez), eu não perdoaria você””.

Após a exibição do programa, Glória Perez

postou um vídeo de Guilherme de Pádua na prisão e escreveu:“Esse é o psicopata”.

Horas depois, Glória fez uma declaração oficial em seu blog.

Leia na íntegra:

"Essa semana fui surpreendida com a notícia

de que um programa de televisão ia

entrevistar o assassino Guilherme de Pádua!

o apresentador pretendia encontrar uma

justificativa no fato de que a jornalista

Gloria Maria o havia entrevistado para o Fantástico!

Sim, mas essa entrevista é anterior ao julgamento.

É de 1996. Todos os criminosos costumam

ser entrevistados antes do julgamento,

para contar as versões que lhe vierem a cabeça.

E o assassino em questão, contou muitas.


Diante da nossa lei, enquanto acusado,

a pessoa pode dizer o que quiser para

se defender, mentir, caluniar, tudo isso

se considera que faça parte do

direito de defesa. E Guilherme de

Pádua usou e abusou desse direito.

Caso julgado, fatos comprovados, a conversa

é outra! agora está sujeito a processos

criminais e civeis. Portanto, diante da

anunciada entrevista, tratei de contatar

meus advogados, Arthur Lavigne(criminal)

e Paulo Cesar Carneiro (civel), disposta a

entrar com todas as medidas cabíveis, no caso

de qualquer desrespeito envolvendo a

memória da minha filha!

Esse assassino cruel teve amplo direito

de defesa, foi julgado e condenado por homicidio

duplamente qualificado no Tribunal do Juri.

Portanto, não posso admitir que, 18 anos

depois, a título de divulgação pessoal,

venha querer fazer seu júri particular no

programa do Ratinho.

A iniciativa do programa foi um insulto

a mim e a todas as mães de filhos assassinados.

Se deu algum IBope, sr Ratinho -que

o lucro lhe seja leve!".



FONTE REVISTA QUEM

BLOG DA GLORIA PEREZ

ENTENDA MAIS SOBRE O CRIME ACESSANDO DANIELLA PEREZ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO OU CONTE SUA HISTÓRIA AQUI ! Se quiser me escreva no email valecamara@gmail.com
RESPONDEREI A CADA UMA, BASTA OLHAR DEPOIS NO MESMO LOCAL QUE VC COLOCOU UM COMENTÁRIO QUE LÁ ESTARÁ UMA RECADINHO PARA VOCÊ PESSOALMENTE. BJS AMIGAS!