Acupuntura x Síndrome do Pânico


A acupuntura pode auxiliar no tratamento de síndrome do pânico

Além dos tratamentos mais conhecidos para a síndrome do pânico, como o uso de antidepressivos e as consultas de psicoterapia, é possível utilizar outros procedimentos que foram sendo pesquisados ao longo do tempo. Um deles é a acupuntura.
Com o desenvolvimento acelerado da doença nos últimos anos e a tentativa da medicina de procurar novos e diferenciados tratamentos, a Medicina Tradicional Chinesa (MTC) adaptou o uso da acupuntura para o tratamento da síndrome do pânico. A doença é compreendida de uma maneira um pouco diferenciada para a MTC do que aquela definição apresentada pela medicina tradicional.
De acordo com os princípios da acupuntura, a síndrome do pânico pode ser definida como um esgotamento de “energia” e está ligada ao rim. A MTC trabalha com a definição de cinco elementos – madeira, fogo, terra, metal e água - sendo que a síndrome do pânico está ligada ao elemento “água”.  Além disso, o rim é o órgão do ser humano que tem relação com o pânico e o medo. Na MTC os males estão relacionados a alguns elementos, os quais possuem identificações com alguns órgãos.
São cinco elementos que representam aquilo que existe no universo e estão ainda relacionados à nossa personalidade. Dessa forma, a MTC tem relação com os estudos que consideram os fatores ambientais e sociais como sendo as principais causas da síndrome do pânico.
Para a medicina chinesa o ambiente é responsável pelo estado físico e emocional, sendo que a energia em esgotamento do rim – que representa elemento água – explica o medo e o pânico desencadeado nas crises da doença. Isso está relacionado ao fato de que em momentos de pavor e pânico, muitas pessoas não conseguem conter a vontade de ir ao banheiro e urinam na roupa. Isso já indica, para a MTC, uma forte relação entre o medo, a água e o rim.
De acordo com essa linha de tratamento por meio da acupuntura, o que causa o esgotamento da energia do rim é o excesso de esforço físico e mental. Os estudiosos relatam o fato de estudar demais, trabalhar demais, sofrer de doenças crônicas, dormir mal e passar por fatos traumáticos como os fatores que sugam a energia do organismo fazendo com que o paciente desencadeie a doença e tenha crises de pânico.
Para o tratamento por meio da acupuntura são feitos agulhamento sistêmico – quando se coloca agulhas pelo corpo – e também acupuntura auricular. Os médicos relatam que os resultados aparecem logo depois das primeiras sessões. Embora o tratamento básico seja por meio de terapias, a acupuntura pode auxiliar no tratamento.
Texto colaborativo do blog Síndrome do Pânico

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO OU CONTE SUA HISTÓRIA AQUI ! Se quiser me escreva no email valecamara@gmail.com
RESPONDEREI A CADA UMA, BASTA OLHAR DEPOIS NO MESMO LOCAL QUE VC COLOCOU UM COMENTÁRIO QUE LÁ ESTARÁ UMA RECADINHO PARA VOCÊ PESSOALMENTE. BJS AMIGAS!